Lixo como fonte de energia

Lixo como fonte de energia

Lixo como fonte de energia

O número de habitantes existentes, atualmente, no planeta e o alto consumo da sociedade atual, apresenta como reflexo um aumento considerável da produção de lixo. Prejudiciais à natureza e ao homem, os lixões ainda são a principal maneira de descarte de lixo e já sabemos do alto nível de contaminação e descaso existente nesse tipo de local. Porém, essa realidade está em processo de mudança, pois aterros sanitários e usinas de reaproveitamento de lixo estão ganhando mercado e, assim, auxiliando o planeta. Foi descoberto recentemente que pode se usar lixo como fonte de energia, por conta da alta concentração de gás metano produzida pelos resíduos em processo de decomposição, uma vez esse gás tem grande potencial energético. Saberemos mais sobre esse assunto, a seguir.

Usinaverde

A primeira usina de tratamento térmico, que busca usar lixo como fonte de energia, está localizada no Rio de Janeiro. Sua capacidade total diária é de processar 30 toneladas e esse valor gera uma energia capaz de abastecer uma pequena cidade, de 20 mil habitantes. Os resíduos sólidos que chegam à usina são coletados do bairro da Paciência, pela Usina de Triagem e Compostagem, e o que sobra desse processo é reaproveitado na construção civil.

Como utilizar lixo como fonte de energia?

utilizando o lixo como fonte de energia

1. Extração e coleta

A coleta de gás é feita por meio de um sistema de drenagem. Ele é constituído por uma coluna de tubos de concreto, perfurados e envoltos por uma camada de brita ou rachão, que é presa à coluna dos tubos por meio de uma tela metálica. Os drenos transportam o gás do lixo à superfície. Na ponta de cada dreno, existem tubos de polietileno de alta densidade, que levam o gás até a usina, formando uma rede.

2. Transformação

Na usina, o gás é resfriado e separado dos vapores de chorume que o acompanham, por um processo de condensação. O metano segue para a combustão, e o produto final dessa combustão é dependente de como ela ocorre: é possível produzir calor, frio, energia metálica ou elétrica, ou pode-se apenas queimar o gás em queimadores, gerando energia térmica.

3. Geração de energia

A utilização do lixo como fonte de energia começa a se tornar real por meio do processo de geração de energia. O gás passa por uma combustão em um grupo gerador, ou seja, um sistema em que um motor é associado a um gerador elétrico. A queima transforma a energia química do gás metano em energia mecânica, movimentando os pistões e, com isso, a energia se torna elétrica. A energia final é distribuída pelas redes de alta tensão destinadas a esse fim, e é assim que se utiliza lixo como fonte de energia.

Benefícios do lixo como fonte de energia

São muitas as vantagens de utilizar lixo como fonte de energia. Entre elas, podemos destacar a diminuição da quantidade de aterros sanitários e lixões, consequentemente, menos prejuízos para o meio ambiente; uma quantidade menor da produção de gases poluentes; menos prejuízos à saúde do homem; criação de empregos e aumento da economia. Por isso, é previsto que a utilização do lixo como fonte de energia seja propagada por todo país, além da implementação de novas usinas.

Se você, assim como nós, se preocupa com o que pode acontecer com o nosso planeta e busca soluções sustentáveis para o seu negócio, conte com a Ética Ambiental, considerada uma das melhores empresas de consultoria ambiental existente na atualidade. No nosso serviço de saneamento ambiental, você pode contar com uma equipe multidisciplinar, preparada para atender aos mais diversos projetos e oferecer soluções atuais para que o seu negócio seja rentável sem prejudicar o meio ambiente. Entre em contato conosco e saiba mais sobre os nossos serviços.

 

Links úteis:
empresas de consultoria ambiental;
consultoria ambiental rj;
empresas ambientais rj;
empresas que trabalham com sustentabilidade.

Agência Digital no RJ Ética Ambiental © Todos os direitos reservados.