Descarte inadequado de medicamentos causa impacto ambiental

Descarte inadequado de medicamentos causa impacto ambiental

Descarte inadequado de medicamentos causa impacto ambiental

Os remédios contêm substâncias químicas que podem impactar negativamente o meio ambiente. O descarte inadequado de medicamentos é uma das principais causas de contaminação dos corpos hídricos. Por conta disso, as indústrias farmacêuticas possuem o dever de elaborar sistemas de recolhimento e destinação eficazes para esses produtos. Continue a leitura para entender melhor sobre o assunto.

Descarte inadequado de medicamentos: saiba mais!

Descarte inadequado de medicamentos: remédios dentro da lixeira sem nenhuma proteção

Remédios em desuso ou fora do prazo de validade são constantemente jogados no lixo comum. Essa é uma prática feita geralmente pela população que carece de uma conscientização sobre a poluição causada por esses produtos. Pois bem, a verdade é que o descarte inadequado de medicamentos causa danos ao meio ambiente e também à saúde humana.
Os resíduos dos medicamentos atingem os corpos hídricos por meio do sistema de esgoto. Em seguida, as substâncias químicas deles se diluem na água e contribuem para a sua contaminação. De acordo com estatísticas, 1 kg de remédio descartado no esgoto é capaz de contaminar até 450 mil litros de água. Além de prejudicar a água, também podem comprometer a qualidade do solo ao serem liberados no lixo comum.
O descarte inadequado de medicamentos pode contaminar a água que chega até os seres humanos para consumo. Como consequência, pode causar intoxicação acidental em crianças e adultos, impactos na qualidade da água e na vida aquática.

Métodos para descartar remédios corretamente

Uma ótima iniciativa para resolver os problemas decorrentes do descarte inadequado de medicamentos é adotar a logística reversa. A prática consiste em estabelecer requisitos mínimos para proteção dos riscos ao meio ambiente e à saúde pública. Além disso, cria processos de descarte, armazenamento, coleta e transporte ideais para medicamentos de uso humano.
A logística reversa tem como objetivo retornar os resíduos poluentes ao fabricante. Portanto, postos de coleta e sistemas de tratamento devem estar alinhados para que a disposição final do produto seja adequada. O descarte correto de materiais sensíveis como os medicamentos também requer capacitação dos colaboradores da indústria para completa integração com o novo modelo.

Consultoria ambiental é uma ótima aliada

Grama em formato de ponto de interrogação para mostrar dúvida sobre o descarte inadequado de medicamentos

Ainda não sabe como implementar o projeto de logística reversa na sua organização? Não tem problema, conte com a Ética Ambiental. Somos uma empresa de consultoria ambiental que tem como missão criar projetos sustentáveis para empreendimentos de todos os portes e segmentos. Nossa especialidade é ajudar gestores com toda a demanda ambiental que uma empresa precisa para se manter ecologicamente correta no mercado.
Atuamos com saneamento ambiental, geologia ambiental, gestão ambiental e sustentabilidade. Entre nossos serviços de destaque, temos o tratamento de resíduos sólidos urbanos e industriais, efluentes líquidos e reúso de água. Nós sabemos como orientá-lo a evitar o descarte inadequado de medicamentos! Quer saber como? Entre em contato e saiba mais!

Agência Digital no RJ Ética Ambiental © Todos os direitos reservados.
Fechar
× Solicite o seu orçamento