Entenda tudo sobre biodigestor na gestão ambiental

Entenda tudo sobre biodigestor na gestão ambiental

Entenda tudo sobre biodigestor na gestão ambiental

A eletricidade é de suma importância para o nosso mundo globalizado, fazendo o mundo girar à sua procura. Com isso, nos tornamos totalmente dependentes do seu bom funcionamento. Porém, nos desligamos para o bem-estar da natureza, com o uso de combustíveis fósseis ou usinas nucleares, as famosas energias sujas. Entretanto, existem opções limpas para o benefício ambiental, que são tão eficientes quanto e mais vantajosas para as empresas e para o futuro da humanidade. Utilizar um biodigestor na gestão ambiental na sua indústria é o primeiro passo para alcançar esta consciência ambiental. Com isto em mente, nós da Ética Ambiental preparamos um artigo sobre o assunto. Confira!

O que é um biodigestor?

Biodigestor na gestão ambiental para manter a natureza sustentável

Primeiramente, esclarecemos o que é um biodigestor. Consiste em uma câmara onde são colocados resíduos orgânicos. Com a ausência de oxigênio, passam pelo processo de biodigestão anaeróbia. Esta reação permanece controlada dentro das paredes do equipamento. Dessa forma, ocorre a transformação de biomassa em biogás rico em metano (energia renovável).

Os materiais utilizados para realizar este procedimento são variados, vão de folhas e palhas a fezes e lixo doméstico.

Por que usar um biodigestor na gestão ambiental?

Visto o conceito do biodigestor, fica mais simples ver a sua aplicabilidade na gestão ambiental. Uma vez que esta administração preza por avaliar os impactos ambientais e orquestrar uma forma de diminuí-los.

Ademais, utilizar o biodigestor na gestão ambiental é uma forma de garantir um mundo mais sustentável. Ainda existem outras vantagens, como:

  • inesgotável: quando utilizamos a energia produzida por meios orgânicos ela não se esgota, diferentemente do petróleo, gás entre outros;
  • custo: apesar do alto investimento inicial, o custo benefício é grande tanto para o meio ambiente quanto o retorno da aplicação, uma vez que depois de um tempo o biodigestor “se paga”;
  • autonomia: a sua empresa fica menos dependente de companhias elétricas, e assim evita catástrofes como a do Amapá que esteva sem luz e água durante a pandemia.

Conte com a Ética Ambiental

Após este artigo, esperamos ter lhe convencido de aplicar um biodigestor na gestão ambiental. Pois então, conte com a assistência da Ética Ambiental. Afinal, somos uma empresa de consultoria ambiental e queremos que os nossos clientes estejam em equilíbrio com o meio-ambiente. Entre em contato e faça já o seu orçamento!

Gostou do nosso artigo sobre biodigestor na gestão ambiental? Descubra mais no nosso blog!

Conheça os benefícios de uma energia limpa e sustentável 
Gestão ambiental: como fazer a proteção dos recursos naturais? 
Análise de risco ambiental: como o serviço é feito?

Agência Digital no RJ Ética Ambiental © Todos os direitos reservados.
× Solicite o seu orçamento